Técnica Individual - Art. 15

- Toque de Bola Acima da Cabeça, para o Levantamento e para a Defesa.

- Para o Levantamento.

- Treinamento do Toque

- Exercícios para Aprendizagem e Aperfeiçoamento.

 

- Sequência de Exercícios no 09.

Nesta Sequência os exercícios têm a mesma mecânica dos da anterior. Ou seja: Exercícios em dupla, utilizando a largura da quadra. Os jogadores, partindo da linha lateral, executam 03 toques consecutivos. O primeiro, de frente, para o centro da quadra. O segundo, de costas, para a linha lateral, da qual iniciou o exercício. O terceiro, de frente, para linha lateral oposta, onde o companheiro está esperando para iniciar sua execução (Clique aqui para ver). O que muda são os segundos e o terceiros toques executados por meio de diferentes tipos e maneiras.

88 - O segundo de costas e o terceiro de frente, em suspensão.

89 - O segundo de costas e o terceiro lateral, com o corpo virado de frente para a direita, ambos em suspensão.

90 - O segundo de costas e o terceiro lateral, com o corpo virado de frente para a esquerda, ambos em suspensão.

91 - O segundo de costas e o terceiro de costas para o companheiro, ambos em suspensão.

 

Nota

Esta sequência pode ser realizada alternando-se a ordem descrita. O mais importante é a velocidade dos deslocamentos, com o intuito de tocar sempre com o corpo colocado apropriadamente em relação à bola. O objetivo é diversificar ao máximo.

 

Utilizando a largura da quadra, exercícios em dupla. Executam 02 toques consecutivos. O primeiro lateral, para a direita/esquerda. Desloca-se rapidamente e o segundo para o companheiro, da seguinte maneira. No diagrama a seguir, o J1 recebe a bola, executa um toque lateral para direita e o segundo para o companheiro (J2). Este recebe por meio de um toque para a direita e executa o segundo para o J1. Nas ações subsequentes os jogadores alternam toques para esquerda e para direita.

 

 

 

92 - O primeiro toque lateral para a direita/esquerda e o segundo de frente, com os pés no chão para o companheiro.

93 - O primeiro toque lateral para a direita/esquerda e o segundo de frente com o corpo agachado.

94 - O primeiro toque lateral para a direita/esquerda e o segundo de frente, em suspensão.

95 - O primeiro lateral para a direita/esquerda e o segundo lateral, com o corpo virado de frente para direita, com os pés no chão.

96 - O primeiro lateral para a direita/esquerda e o segundo lateral, com o corpo virado de frente para a esquerda, com os o corpo agachado.

97 - O primeiro toque lateral para a direita/esquerda e o segundo lateral, em suspensão, com o corpo virado de frente para a direita.

98 - O primeiro lateral para a direita/esquerda e o segundo lateral, em suspensão, com o corpo virado de frente para a esquerda.

99 - O primeiro lateral para a direita/esquerda e o segundo de costas para o companheiro.

 

Utilizando o comprimento de meia quadra, exercício em dupla (diagrama a seguir). Um na rede (J1), a 03 metros da rede, tocando a bola para o alto (cerca de 3m), aproximadamente. O companheiro (J2) partindo sempre da linha de fundo, se desloca velozmente toca a bola alta (como que em um passe para um contra-ataque) e desloca-se velozmente (de costas) de volta para a linha de fundo. Repetir a manobra 4, 6, 8 ou 10 vezes consecutivas. Sempre de acordo com a capacidade técnica e física do atleta. Após a execução de um, invertem-se os papéis. A sequência deve ser a seguinte.

 

 

100 - Toque de frente, com os pés no chão.

101 - Toque de frente, em suspensão saltando com uma das pernas.

 

Nota

Caso o Professor/Treinador perceba dificuldade na velocidade dos deslocamentos, pode orientar o jogador que está na rede (J1 no diagrama anterior) a dar dois toque em vez de um só.

 

Utilizando o comprimento de meia quadra, exercício em dupla (diag. anterior). Um na rede (J1) tocando a bola longa em direção fundo da quadra. O outro posicionado a aproximadamente 03 metros da rede, se desloca velozmente (de costas) executa um toque e volta à posição inicial (a aproximadamente 03 metros da rede) onde repetirá a manobra 4, 6, 8 ou 10 vezes consecutivas. A sequência deve ser feita da seguinte maneira.

102 - De frente com os pés no chão;

103 - De frente em suspensão;

104 - De costas com os pés no chão;

105 - De costas, em suspensão, saltando com uma das pernas.

 

Nota

- Aspectos a serem observados durante a execução dos exercícios.

1 - Na fase de aprendizagem, sugiro que o jogador que está na rede (J1) execute dois ou mais toques para o alto, a fim de propiciar maior tempo para o jogador que está se deslocando. O jogador que está praticando (em deslocamento) deve executar o toque bem alto de maneira obter mais tempo para deslocar.

2 - Aos jogadores mais desembaraçados o ideal é que o exercício seja realizado sob velocidade máxima. O objetivo é o de induzir os jogadores a executarem os toques sem parada sob a bola.

3 - Nos exercícios com mais de duas repetições o condicionamento físico é fator a ser considerado. O atleta cansado, quase sempre, tem queda acentuada na coordenação e na velocidade dos movimentos. Caso o atleta não tenha ou demonstre capacidade não é recomendável aumentar o número de repetições.

4 - Nos deslocamentos de costas é fundamental a movimentação dos braços. Nos laterais, na medida do possível, evitar cruzar as pernas.

5 - Os exercícios 104 e 105 são de difícil execução. Apenas jogadores com execelente capacidade técnica consegue bom aproveitamento. Uma adaptação para iniciantes é permitir dois toque: um para o alto e o outro de costas.

 

Nota

Até este ponto os 16 artigos sobre o Toque de Bola Acima da Cabeça e os 106 exercícios sugeridos iveram em vista a Aprendizagem e o Aperfeiçoamento do Fundamento exclusivamente para o Levantamento. Nos artigos sobre as Estratégias/Táticas o Levantamento será detalhadamente abordado.

 

Cont. no art. 16, com Toque Acima da Cabeça para a Defesa

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra

  Ir para Menu Estratégias/Táticas DO Sistema Ofensivo - Vôlei de Praia  
 

Ir para Menu Estratégias/Táticas do Sistema Defensivo - Vôlei de Praia

Ir para Menu Vôlei de Praia