Estratégias/Táticas - Art. 38

- Cobertura de Ataque - Parte IX

 

A fim de facilitar o acompanhamento do assunto, vale relembrar a classificaçào das Combinações de Ataque.

- com 2 atacantes na rede;

 

 

- com 2 atacantes na rede + 1 do fundo;

Combinações de Saída:  

(finalizadas do centro p/ a Saída da Rede)

  - com 3 atacantes na rede;
   

- com 3 atacantes na rede + 1 do fundo.

 


 

  - com 3 atacantes na rede;
   
  - com 3 atacantes na rede + 1 do fundo;
Combinações de Entrada:  
(finalizadas do centro p/ a Entrada da Rede)  
  - com 2 atacantes na rede;
   
  - com 2 atacantes na rede + 1 do fundo.

 


 

- Cobertura de Ataque para Combinações de Ataque - Rede com 3 Atacantes.

- Combinações Finalizadas do Meio para a Entrada da Rede.

 

- Aquela (*) / Between (*) com 3 Atacantes na Rede.

(*) Denominação popular no Voleibol Brasileiro.

Combina a Bola de Tempo Cabeça “Chutada de Meio com Meia Bola no Terço Central da Rede e uma Bola "Chutada", na extremidade oposta (pos 2).

Nos diagramas a seguir.

- Diag 1, a ordem de saque.

A4

A3

A2

A5
A6
L

 

L - Levantador.

A2 e A5 - Atacantes de Ponta / Segunda Bola

A3 e A6 - Atacantes Centrais / Primeira Bola

A4 - Oposto.

- Diag. 2, a representação gráfica da combinação. A3 é o atacante da bola de tempo “Chutada” de Meio. A4 o da Aquela / Between. A2 o da bola “Chutada” na Pos. 2. A5 e A6, juntamente com A2 (recepção com 3 Jogadores), compõem a formação para a recepção do saque.

- Diag. 3, a Cobertura do Ataque para a “Chutada” de Meio (destacada em vermelho forte). Estão mencionados os pontos - aproximados - em que os atacantes das outras bolas (setas tracejadas em vermelho clarinho) se encontram no momento em que a mesma está nas mãos do levantador (realçados em azul clarinho e com círculo). As linhas tracejadas demonstram os deslocamentos. Do ponto em que se encontram no momento do levantamento aos seus posicionamentos na Cobertura de Ataque (destacados em azul forte). No caso a formação é composta por A4, L e A5, na primeira linha. E A6 e A2, na segunda linha.

- Diag. 4, a disposição da Cobertura para o ataque da Segunda Bola, Meia Bola no terço central da rede (seta tracejada em vermelho forte). A cobertura é composta por A3, L e A6, na primeira linha. Na segunda, A2 e A5.

- Diag. 5, a cobertura para o ataque de A2, Bola de Segurança, na extremidade da rede (pos. 2). Participam o levantador (L), o atacante da segunda bola (A4) e A6, que se desloca do fundo. Na segunda linha, (A5) e A3, que se desloca da rede (não recebe a primeira bola) a fim de cobrir a bola que volta no fundo da quadra.

 

 

 


 

- Desmico da “Chutada” de Meio – Com 3 Atacantes na Rede.

Combina a “Chutada” de Meio com uma Meia Bola imediatamente à esquerda da “Chutada” de Meio e uma “Chutada” na Saída da Rede (Pos. 2).

No grupo de diagramas a seguir.

- Diag. 6, a Ordem de Saque.

- Diag. 7, o desenho da combinação. L é o levantador. A3 é o atacante da bola de tempo “Chutada” de Meio. A4. o Oposto, é o atacante da segunda bola, Meia Bola entre o ponto em que é levantada/atacada a Primeira Bola e a entrada da rede (pos. 4). A2 o atacante da bola “Chutada” na Saída da Rede (pos. 2). A5 e A6 compõem, juntamente com A2 (recepção com 3 Jogadores), a formação para a recepção do saque.

- Diag. 8, a disposição para a cobertura do ataque da Primeira Bola, “Chutada” de Meio (destacada pela seta tracejada em vermelho forte). O ponto em que todos os jogadores se encontram por ocasião em que a bola sai das mãos do levantador (destacados em círculos e letras em azul clarinho). As setas tracejadas em azul clarinho representam os deslocamento dos jogadores, dos ponto que se encontram para os pontos da disposição da cobertura.
Participam o Levantador (como sempre), à direita. A4, à esquerda. A5, que se encontra no posicionamento de recepção, atrás do ponto do ataque. Na segunda linha, para as bolas que voltam no fundo da quadra, A6, que está na recepção, e A2, que recua depois que não recebe a bola para atacar. Os jogadores da cobertura estão grafados em cores mais fortes.

- Diag. 9, a disposição para o ataque da segunda bola, a Desmico da “Chutada” (destacada pela seta tracejada em vermelho forte). Na primeira linha participam o Levantador, como sempre. Repare que se posiciona atrás do ponto do ataque, uma vez que A3 (que não recebe a bola para atacar) participa à direita, ponto em que está posicionado no momento do ataque. Complementa A5, que se desloca do ponto da recepção do saque para a cobertura do ataque à esquerda. Na segunda linha, A6, que já está no fundo da quadra, e A2, que recua após não receber a bola.

- Diag 10, a disposição para Bola de Segurança na extremidade da rede, pos. 2. O Levantador (L) , como sempre, A3, que não recebe para o ataque da “Chutada” de Meio e A6, que desloca para de seu posicionamento na recepção. Na segunda linha, A4, que não recebe e desloca para o fundo da quadra, e A5, que já praticamente no posicionamento da cobertura.

Importante observar que as disposições são estabelecidas tendo em vista aproveitar os jogadores mais próximos aos pontos em que o ataque é finalizado. Quanto menos deslocamento, melhor.

 

 

 

Existem duas alternativas semelhantes. O Ataque da Segunda Bola é finalizado nos mesmo ponto. Ou seja, entre o ponto em que a "Chutada" de Meio é levantada/atacada e a extremidade da rede (pos. 4).

1 - A Desmico executada como o jogador da pos. 4 atacando a “Chutada” de Meio e o da pos. 3 atacando a Desmico.

A Combinação “Degrau”. O jogador da pos. 4 ataca imediatamente após o ponto em que a “Chutada” de Meio é levantada/atacada.

No diag. 11, a Ordem de Saque, no diag. 12 a Desmico atacada pelo A3 e no diagrama 13 a “Degrau”.

 

 

 

 

Nota

Como vimos anteriormente, existem disposições requerem superação por alguns jogadores. É caso dos que têm que fazer deslocamentos longos. Por exemplo.

1 - Os atacantes que não recebem - a Bola de Segurança nas Extremidades da Rede. Os mesmos estão distantes do ponto do ataque e têm que deslocar da rede para compor a segunda linha da cobertura, para as bolas que voltam no fundo da quadra. No momento em que o levantador executa o levantamento o tempo que eles têm para deslocar é semelhante ao que a bola leva na sua trajetória, entre o levantador e o ponto em que é atacada. Portanto, mínimo.

2 - Os atacantes da Primeira Bola. No momento a bola sai das mãos do levantador ele está no ar. Logo, tem que pousar e deslocar para o ponto do ataque. Como é obvio, com velocidade máxima.

3 - Os jogadores que estão nos posicionamento de recepção e têm que compor a primeira linha da cobertura.

Nos três casos, é necessário grande discernimento tático individual. Ou seja, todos têm que enter a lógica da cobertura. E mais. Em alguns casos, um outro jogador, por qualquer motivo, não tem possibilidade de cumprir sua atribuição. É o caso do discernimento e da solidariedade que todos devem ter para com todos. O mais importante: a disposição da cobertura tem que ser composta com o máximo de jogadores possível.

 

Continuação no art. 39 com a Cobertura para as Combinações de Entrada, com 3 Atacantes na Rede e um do Fundo.

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra