Estratégias/Táticas - Art. 35

- Cobertura de Ataque - Parte VI (continuação).

 

- Cobertura de Ataque para Combinações de Ataque.

 

A Combinação de Ataque é uma utilizada na Estratégia Ofensiva como meio de facilitar o próprio ataque e, conseqüentemente, dificultar o sistema defensivo da equipe adversária.

Mobiliza dois ou mais atacantes, de modo coordenado, numa ação ofensiva; apenas um dos quais recebe a bola para atacar.

Existem várias e várias combinações utilizadas por equipes de todo o mundo. Nestes artigos, à guisa de exemplo, apresentarei algumas, as mais conhecidas, e as disposições de cobertura do ataque, também, mais utilizadas. A fim de facilitar o acompanhamento do assunto, é necessário classificá-las da seguinte maneira.

 

- com 2 atacantes na rede;

 

 

- com 2 atacantes na rede + 1 do fundo;

Combinações de Saída:  

(finalizadas do centro p/ a Saída da Rede)

  - com 3 atacantes na rede;
   

- com 3 atacantes na rede + 1 do fundo.

 


 

  - com 3 atacantes na rede;
   
  - com 3 atacantes na rede + 1 do fundo;
Combinações de Entrada:  
(finalizadas do centro p/ a Entrada da Rede)  
  - com 2 atacantes na rede;
   
  - com 2 atacantes na rede + 1 do fundo.

 


 

- Cabeça Frente com Chutada na Entrada (*).

Combina uma Bola de Tempo Cabeça Frente ou Cabeça Atrás, na faixa central de rede (pos.3), com uma Bola "Chutada" na Entrada da Rede (pos. 4).

 

- Na Rede com 2 Atacantes, sem Atacantes do Fundo.

 

É realizada, nos sistema de ataque 5-1, no 4-2 e em outros sistemas menos utilizados, quando o levantador se encontra na linha de ataque (na rede). No sistema 4-2, quando não há infiltração, isto é, um dos levantadores, o que executa o levantamento, encontra-se na linha de ataque (na rede).

No grupo de diagramas a seguir.

- No diag. 1, a representação gráfica apresenta a ordem de saque.

- No diag. 2, a configuração da combinação e a movimentação dos atacantes envolvidos - setas em vermelho. O J3 é o atacante da Bola de Tempo, no centro da rede, e o J4 o da Bola "Chutada", na entrada da rede (na pos. 4).

- No diag. 3, a disposição da cobertura para a Bola de Tempo, Cabeça Frente, com o levantador (J2) cobrindo a bola que volta à direita, o J6 (defesa-centro) atrás do atacante e J4, que não recebeu a bola, à esquerda do ataque. Os círclos significam os pontos da quadra em que os jogadores se encontravam no momento do ataque, de J3, e as linhas pontilhadas seus deslocamentos para os posicionamentos na cobertura.

- No diag. 4, a cobertura para o ataque do J4, na entrada da rede (pos. 4). É realizada pelo levantador (J2), , para a volta que volta à direita, o correspondente (J5) e J3 que não recebeu a bola. J6 e J1, na segunda linha.

 

 


 

- Na Rede com 2 Atacantes e 1 Atacante do Fundo.

É uma variação utilizada por equipes que dispõem de jogadores que atacam atrás da linha dos três metros (divide as Zonas de Defesa e de Ataque).

Utilizando-se das mesma ordem de saque do diag. 1. Nos dois diagramas a seguir

 

- No diag. 5, a configuração da combinação com o atacante do fundo (J5), o atacante do fundo está destacado com a cor azul claro.

- No diag. 6, a disposição da cobertura com o levantador (J2), o correspondente (J1) e o J3, o atacante da primeira bola.

 

 

 

Nota

O ataque do fundo, nesta combinação, é realizado - também - em um ponto da rede em que o bloqueio adversário está postado para a bola Cabeça Frente. É executada, praticamente, no mesmo tempo da bola de tempo. Giovane, Giba e Dante, da Seleção Brasileira, deram uma bela demonstração de como essa bola é atacada, nos Jogos Olímpicos de Atenas.

Observe o exemplo o diagrama a seguir. A disposição da cobertura é semelhante à utilizada para a bola de tempo Cabeça Frente, demonstrada no diag. 3, apresentado anteriormente. Uma diferença: a segunda linha é composta apenas por J1, uma vez que, J3 salta para a bola Cabeça Frente e não não tem tempo para participar da cobertura. Como dito a bola do fundo é executada praticamente no mesmo tempo da bola de tempo.

 

 

 

Cont. no art. 36 com a Cobertura de Ataque para Combinação de Saída, com 3 Atacantes na Rede - Parte VII.

 

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra