Estratégia/Tática - Artigo 03

Estratégia/Tática Coletiva - Defensiva

 

- Bolas Altas nas Extremidades da Rede - Estratégia com Bloqueio Simples.

 

- Situações de Jogo.

- Após a Recepção do Saque imperfeita, em que o levantador fica impossibilitado de utilizar as Bolas de Tempo e as Combinações de Ataque.

- Após a Defesa em que não há domínio da bola e por isso impossibilitam o contra-ataque por meio de Bolas de Tempo e Combinações de Ataque.

- Por opção do Levantador que, por falta de confiança nas Combinações de Ataque, levanta a bola alta nas extremidades da rede para atacantes - em sua consideração - considera mais eficazes.

- Por opção estratégica, equipes que possuem atacantes eficazes de bola altas.

Nota

Por ocasião da mudança da regra em que estabeleceu o sistema de "rally-point" para a disputa dos quintos sets, as equipes passaram a acionar os atacantes mais eficazes em momentos decisivos. De modo geral, atacantes de ponta, mais especializados em ataque de bolas altas. Quando a mesma passou a vigorar para todos os sets, as Combinações de Ataque foram sendo muito cada vez menos freqüentes. Atualmente, a maioria das equipes em todo o mundo usam as Bolas de Tempo - de modo isolado - e as bolas nas extremidades da rede, ora "chutadas", ora altas, ora pelo fundo da quadra.

 

- Estratégia com Bloqueio Simples.

 

O Bloqueio Simples para a Bola Alta é uma ação bastante freqüente. Contra equipes que se utilizam das Bolas de Tempo e/ou Combinações de Ataque - de modo sistemático -, os três bloqueadores ficam absolutamente envolvidos, primeiramente, nas 1as. Bolas, depois, nas 2as. Bolas das Combinações. De maneira geral, com o passe apropriado à essas ações, as bolas nas extremidades da rede, com elevada freqüência, são atacadas diante de apenas um bloqueador.

 

Nota

Nas equipes de iniciantes, por não contarem com jogadores com estatura suficiente para bloquearem, os treinadores optam pelo bloqueio simples para tentar a neutralização da Bola Alta.

 

- Procedimentos no Bloqueio.

 

- Pontos de Referência do Bloqueador.

No momento em que o bloqueador está preparado para executar o bloqueio, o faz de acordo com a característica do atacante adversário. Adota alguma da opções a seguir.

 

- Bloqueio na Bola.

O Bloqueador posiciona-se de frente para o corpo do atacante e tenta invadir, com as mãos, o espaço da quadra oposta, de maneira aproximá-las - ao máximo - da bola e, com isso, diminuir o ângulo que o atacante tem para desviar de suas mãos (fig. a seguir).

 

 

Nota

A equipes convencionam códigos com as mãos ou dedos para indicar a opção. Neste caso (Bloqueio na Bola), usam, de modo geral, o punho cerrado.

 

- Bloqueio para obstruir a passagem da bola para a Linha/Paralela/Corredor.

 

O Bloqueador utiliza Pontos de Referência, de acordo com o ponto da rede em o ataque é realizado.

 

Na Saída da Rede posiciona-se: - em frente ao braço direito do atacante, quando destro;
  - em frente ao corpo do atacante, quando canhoto.

 

Na Entrada da Rede posiciona-se: - em frente ao corpo do atacante, quando destro;
  - em frente ao braço direito do atacante, quando canhoto.

 

Nota

Neste caso, de modo geral, o bloqueador utiliza como código, a exibição do número 1, com o dedo indicador.

 

- Bloqueio para obstruir a passagem da bola para a Diagonal;

O Bloqueador utiliza Pontos de Referência, de acordo com o ponto da rede em o ataque é realizado.

 

Na Saída da Rede posiciona-se: - em frente ao corpo atacante, quando destro;
  - em frente braço esquerdo do atacante, quando canhoto.

 

Na Entrada da Rede posiciona-se: - em frente braço direto do atacante, quando destro;
  - em frente ao corpo do atacante, quando canhoto.

 

Notas

- Neste caso, de modo geral, bloqueador utiliza como código, a exibição do número 2, com os dedos indicador e médio.

- O código dos bloqueadores pode variar de equipe para equipe. O mais importante é que o mesmo seja corretamente convencionado entre os jogadores da equipe.

- Em relação aos pontos de referência, podem variar um pouco mais para um lado ou outro. Aspecto da maior importância: na medida do possível cumprir o que sinalizou com o código. Todos os defensores se orientar-se-ão por ele.

 

No próximo artigo a continuação do assunto com os Procedimentos na Defesa. Ocasião em que serão apresentados os diagramas com posicionamentos do Bloqueio.

Cont. no art 04, continuação com Procedimentos na Defesa.

Home

Ir para Menu Vôlei de Quadra