Preparação Física - Artigo 14

- Valências Orgânicas.

- Treinamento da Capacidade Aeróbica - Parte VI

- Treinamento Orgânico Integrado (TOI)

- Modalidade 3 - Exercícios de Bloqueio - Parte I.

 

Esta Modalidade pode ser realizada de três Modos:

- de modo isolado;

- na continuidade da sessão de ataque e defesa;

- intercalado com os exercícios de ataque e defesa.

 

No primeiro modo, o treinamento tem em vista, exclusivamente, o aperfeiçoamento da técnica individual do bloqueio.

 

 

No segundo modo, o exercícios de bloqueio ocorrem após a sessão do módulo de ataque e defesa. A sessão é iniciada com o aquecimento; seguem-se os exercícios de toque e manchete; exercícios de ataque e defesa e, na parte principal da sessão, exercícios de bloqueio intercalados com intervalos para descanso.

 

 

No terceiro modo, o treinamento é intercalado com um exercício de ataque e defesa, um de bloqueio, um de ataque e defesa, um de bloqueio, e assim por diante.

 

 

Notas

- No último caso, de modo geral, os estímulos devem ser estabelecidos de maneira que a intensidade do esforço não seja muito elevada em todos os estímulos. Por exemplo, se a intensidade for alta nos estímulos com ataque e defesa, deve ser mais branda nos de bloqueio; se for baixa no ataque e defesa, deve ser alta nos de bloqueio.

Ou, no sistema 3 x 1. Isto é: um estímulo com ataque e defesa, um intervalo, um de bloqueio, um intervalo, e assim por diante. A seguir, representação gráfica à guisa de exemplo.

 

 

- Seja qual for o modo, nos períodos de intervalo é recomendável a execução de exercícios de alongamento para as musculaturas da perna, da coxa e da coluna, em virtude do grande esforço despendido nos exercícios de ataque e defesa e de bloqueio.

 

A seguir Sequências de Exercícios de bloqueio para serem utilizados nessa sessão do treinamento.

 

- Sequência de Exercícios de Bloqueio No 1 - Aperfeiçoamento do Fundamento.

 

Os jogadores dispostos 2 a 2, cada um de um lado da rede. Um, sobre uma cadeira, segura a bola, que serve de referência para o que executa o exercício. A bola deve estar colocada a 30 cm acima e 30 cm afastada do bordo superior da rede (fig. 1). O jogador que executa o bloqueio salta e coloca, pelo menos, os dois antebraços acima e do outro lado da rede. Não há necessidade de tocar na bola; ela é apenas um ponto de referência. Após a execução do primeiro, os dois trocam de função (fig. a seguir).

 

 

Desenho de Eduardo Rodrigues

 

Exercício 48 - Duas séries de 4 bloqueios - parados. O primeiro jogador salta/pára, salta/pára, salta/pára, salta/pára e troca com o companheiro. O segundo realiza os mesmos 4 bloqueios e troca com o companheiro. O primeiro executa sua segunda série e troca com o companheiro, que repete pela segunda vez os 4 bloqueios. O período de tempo em que são executados dos exercícios são os estímulos; o período em que o companheiro segura a bola são os intervalos. Os bloqueios não devem ser feito com rapidez; a correção da execução é muito importante.

 

Nota

Na etapa inicial da sessão os estímulos não são muito intensos. Gradativamente vai aumentando. Repito: com os execícios sendo executados sem pressa, corretamente.

 

Exercício 49 - Duas séries de 4 bloqueios - parados, 2 a 2 (saltos) consecutivamente. O primeiro jogador salta duas vezes consecutivas/pára, salta duas vezes consecutivas/pára e troca com o companheiro. O segundo realiza a mesma série de bloqueios e troca com o companheiro. O primeiro repete os 4 bloqueios 2 a 2 e troca com o companheiro, que realiza sua segunda série.

Exercício 50 - Duas séries de 4 bloqueios - parados e consecutivos. O primeiro jogador salta para o bloqueio 4 vezes sem paradas e troca com o companheiro. O segundo, salta 4 vezes sem paradas e troca. O primeiro executa a segunda série de 4 bloqueios e troca com o segundo, que também a executa.

 

Nota

Com atletas mais bem preparados é possível ministrar séries de 6 e 8 saltos consecutivos. Sem um bom condicioamento e/ou técnica apurada o objetivo para com os exercícios pode ser comprometido. O cansaço influi negativamente na coordenação motora e, por conseguinte, o controle do atleta sobre seu próprio corpo.

 

Exercício 51 - Agora, o companheiro segurando duas bolas. Uma colocada à direita, a outra à esquerda da cabeça do bloqueador. Duas séries de 4 bloqueios - parados, 2 na bola da direita e 2 na da esquerda. O jogador salta e movimenta os braços para a direita/pára, salta e movimenta os braços para a esquerda, ... e assim sucessivamente. Depois troca com o companheiro (fig. a seguir).

 

 

Exercício 52 - Idem ex. 51, com duas séries de 4 bloqueios 2 a 2 (saltos consecutivos). Dois bloqueios consecutivos na bola da direita e 2 bloqueios consecutivos na da esquerda.

Exercício 53 - Idem ex. 51, com duas séries de 4 bloqueios consecutivos. A primeira série na bola da direita e a segunda na da esquerda.

Exercício 54 - As bolas clocadas nos mesmos pontos. Duas séries de 4 bloqueios - parados e consecutivos. Uma difeença: o jogador, no mesmo salto, toca com as duas mãos em uma bola, na outra e pára; salta novamente, toca com as duas mãos em uma bola, na outra e pára, ... e assim sucessivamente.

Exercício 55 - Idem ex. 54, com duas séries de 4 bloqueios 2 a 2 (saltos). O jogador bloqueia duas vezes consecutivas e em cada salto toca com as duas mãos em uma bola e na outra.

Exercício 56 - Agora o jogador segura duas bolas. Uma a 15 cm e a outra a 30 cm do bordo superior da rede (fig. a seguir). Uma vez a da esquerda fica mais abaixo e a da direita mais alta. Na outra, o contrário. Ou seja, alternando a cada execução.

 

 

O jogador, no mesmo salto, toca com as duas mãos na bola mais baixa e depois com as duas mãos na bola mais alta (nessa ordem). Duas séries de 4 bloqueios - parados; salta / pára, salta / pára, ... Na primeira série, a bola da esquerda mais baixa e na segunda a da esquerda.

 

Nota

Nos exercícios em que as duas bolas estão posicionadas em alturas diferentes, o jogador deve tocar primeiramente na bola mais baixa e depois na mais alta. O objetivo para com estes exercícios é o de melhorar o eqüilíbrio/sustentação do corpo no ar; quando o primeiro toque é na bola mais alta, isso não ocorre.

 

Exercício 57 - Idem ex. 56, com duas séries de 4 bloqueios 2 a 2. O jogador salta duas vezes consecutivas e pára.

Exercício 58 - Idem ex. 56, com duas séries de 4 bloqueios consecutivos.

Nota

O Preparador Físico, considerando o nível de condicionamento físico dos jogadores, estipulará o tempo de execução dos exercícios de bloqueio e dos intervalos. É extremamente importante que os exercícios de bloqueio seja realizados de maneira correta, a fim de que o treinamento atinja seus dois objetivos; físico e técnico. Em técnica individual o bloqueio está focalizada com todos os detalhes (clique).

 

Cont. no art. 15, com outra Sequência de Exercícios de Bloqueio.

Voltar Menu de Arquivos sobre Preparação Física.