Just Volleyball - Pergunte ao Jorjão

P - Jorjão, antes de tudo gostaria de dar meus parabéns pelas informações valiosas passadas sobre como obter melhores desempenhos no Volei de Praia. Bem, gostaria que me fosse fornecido uma série/seqüência de exercicios pliometricos com o intuito de melhorar mais ainda a minha impulsão. Tais informações relacionadas a exercicios executados em academias como também fora delas. Ficarei muito grato for atendido. Sem mais para o momento, antecipadamente meus agradecimentos. Hermani Dias Leite, 32 anos, 1,73 mts, 75 Kg. Praticante de volei de praia amador.

R - Caro Hernani.

A pliometria é um método utilizado na preparação física de atletas que precisam adquirir/melhorar a impulsão vertical, uma vez que, têm no salto um meio de aumento de perfomance. É o caso, por exemplo, do jogadores de voleibol, basquetebol, andebol, etc...

A Pliometria está intimamente vinculada à força pura: valência indispensável à atividade física competitiva, que possibilita uma série de movimentos nos quais o indivíduo necessita suportar, deslocar ou acelerar o peso corporal. No voleibol de praia, especificamente, a Força Explosiva é o tipo mais utilizado pela íntima relação que há com a velocidade. Logo, graficamente resulta:

Força + Pliometria = Força Explosiva, para Impulsão Vertical

Logo, para um bom aproveitamento com os Exercícios Pliométricos é fundamental "queimar" algumas etapas, a saber:

1 - Preparar componentes, tais como tendões, ligamentos e músculos, para suportar os exercícios com sobrecargas e traumatismos;

2 - Iniciar, lenta e gradualmente, os exercícios de musculação tendo em vista a aquisição/melhoria da força;

3 - Iniciar, lenta e gradualmente, os exercícios pliométricos com dois fins importantes: aprendizagem da mecânica dos exercícios e aperfeiçoamento da qualidade dos saltos.

Isto feito, o atleta estará preparado para realizar sessões de pliometrica com baixo risco de lesões e, dela, tirar máximo proveito.

A seguir uma representação gráfica de um exercício pliométrico. Passo a passo:

 

 

1 - o atleta salta/deixa o corpo cair de sobre uma plataforma (1) cuja a altura é variável, de acordo com a capacidade de cada jogador e o objetivo a ser alcançado para cada qual. Neste momento ocorre um pré-estiramento ou alongamento da musculatura (reflexo miotático).

2 - o atleta cai e aterriza no solo, entre as plataformas 1 e 2. Neste exato momento realiza-se sucessivamente: uma contração excêntrica; um rápido instante de isometria; e uma contração concêntrica.

3 - o atleta chega ao topo da plataforma 2.

Nota

A critério do treinador, o atleta pode virar-se e realizar a ação no sentido contrário.

Observações Importantes.

O altura das plataformas, o número de séries e repetições, a freqüência de sessões ao longo do treinamento, a utilização dos braços ou não, a adoção de sobrecarga, enfim, todo e qualquer elemento, devem ser particularizadas pelo treinador, considerando - cuidadosamente - a capacidade individual de seus atletas e o objetivo para com os mesmos.

Os Exercícios Pliometricos constituem método eficiente, mas que requer bastante cuidado. Da mesma maneira que pode trazer benefício, pode ser extremamente prejudicial às articulações do membros inferiores e da coluna vertebral. É atividade extremamente traumática e requer observação detida das etapas mencionadas anteriormente. Por isso, recomendo - com toda ênfase - que deva ser planejada e acompanhada por professor de educação física com bastante conhecimento em treinamento desportivo.

Bem Hernani, este é o raciocínio dos Exercícios Pliométricos. Como mencionou o Prof. Edson Figueiredo, vários aparelhos podem ser utilizados. Ele mencionou uma corda de pular. Com esta, na realidade, você estará fazendo um exercício pliométrico, uma vez que, com a mesma é possível realizar as etapas descritas em passo a passo. Gostaria de enfatizar o seguinte: o mais importante é realizar tais etapas, princípio básico da Pliometria. No mais é botar a cabeça para funcionar e exercitar sua criatividade.

Caso precise de outras ou mais informações, sobre este ou outro assunto, não faça cerimônia; conte comigo.

Um grande abraço.

Jorge Barros (Jorjão)