Pergunte ao Jorjão

P - Parabéns pelo seu site. É realmente muito legal e muito raro encontrar profissionais que amam tanto seu esporte dessa maneira. Muito bacana seus artigos e já até salvei muitos deles no meu computador. Gostaria de trocar algumas ideias contigo a respeito de planejamento de treinamento e necessidade de algumas correções tecnicas ( dicas de exercicios ) que preciso fazer em minhas atletas aqui na Grécia. Pra você tudo bem?

Lendo seu artigos sobre levantamento , notei que você enfatiza o deslocamento e a aproximação, sendo fundamental a parada e o posicionamento das pernas, em relação ao lado em que se levanta a bola. Meus treinamentos são baseados nesta filosofia, mas tenho um problema com uma das garotas que não consegue parar e executar o levantamento. Seu posicionamento final são de pernas paralelas, pouca potência no toque, sem precisao e equilibrio. Já tentei medicine ( 3kg ), bola de basquete e aquela bola mais pesada para levantadores. Seu estilo de toque e do tipo duro ( sem amortecimento do passe ). Todas as outras jogadoras mostraram bons resultados, mas esta está difícil!

A Pergunta base seria como estabilizar sua base ( parada ) com a devida perna a frente? Poderia checar sua velocidade de deslocamento? Seria apropriado tentar mudar seu estilo de levantamento? ( do toque mais "duro " para o mais " carregado" ). Ela tem 26 anos. Se não for tirar muito do seu tempo gostaria de receber algumas de suas ideias . Mais uma vez, parabéns pelo seu site Jorjão.

R - Fala Alemão. Muito obrigado pelo elogio. O site tem essa finalidade, ou seja, estimular debates. Não sei se você sabe, mas tenho um livro sobre vôlei de praia. Ele entrará no site em forma de artigos e, com o tempo, verá que a preparação física, a técnica individual e as estratégias/táticas formarão um todo, isto é, estarão vinculados. Estou demorando um pouco, porque eu mesmo faço toda a produção e não disponho de tempo para me dedicar mais. Um pouco de paciência, pois pouco a pouco vou melhorando.

Quanto a sua pergunta, vamos lá.

Penso que o acerto de uma ação, seja ela qual fôr, decorre da correção de algumas componentes. No caso do Toque Acima da Cabeça, para o levantamento - distância e precisão -, o acerto resulta do acerto e coordenação:

coordenação entre o final do deslocamento e a colocação dos pés/pernas, para a execução do fundamento;

execução correta do fundamento - toque;

coordenação – “timming” - entre a chegada da bola e a extensão do corpo (pernas e braços).

Observando-se detidamente a execução do toque, pela atleta, talvez seja possível identificar se a mesma está realizando as etapas com correção. Caso identifique, o trabalho passa a ser o de criar artifícios para ajudá-la. Tenho um método que, muitas vezes, ajuda na solução de problemas. É o de decompor a execução do fundamento, do final para o início da mesma. Se você utilizar este método para o toque, a progressão seria, mais ou menos a seguinte:

impulsionamento da bola com as mãos;

idem, apenas com ligeira flexão dos braços;

idem, com ligeira flexão das pernas e dos braços;

idem, após uma passada e toque com apoio da perna direita;

idem, com o apoio da perna esquerda;

idem após duas passadas.

Importante: nesta fase, você mesmo deve alçar a bola a cerca de - no máximo - um metro sobre a cabeça dela. Por duas razões:

não obrigá-la a fazer força e, com isso, estimular a aprendizagem da técnica;

estimular a velocidade de movimento, da execução.

Na execução de cada passo dessa progressão você poderá identificar onde está o problema e atacá-lo. Tive uma experiência - na Itália - com um jogador que apresentava o mesmo problema da sua atleta. Resolvi com este método, de tal maneira que utilizei o artifício de obrigá-lo a tocar na bola como um “saci”, isto é, com apenas umas das pernas. Minha intenção era a de, primeiramente, faze-lo perceber a importância da utilização de apenas uma das pernas para a execução do levantamento – a outra perna apenas apóia a primeira. Depois, para faze-lo superar o problema.

A seguir, apresento alguns exercícios que podem auxiliar.

Exercício no 1.

Objetivo: acomodação da bola nas mãos (fig. a seguir).

A jogadora coloca as mãos corretamente na bola e a fica impulsionando-a (com ligeira pressão) contra o poste da rede ou parede, várias vezes e consecutivamente. Os posicionamentos das pernas, do tronco e dos braços, também, devem estar corretos. A perna de trás (tracejada na fig.) não toca o chão. Fazer com a perna direita e depois, com a perna esquerda.

Exercício no 2.

Objetivo: acomodação e expulsão da bola (fig. a seguir).

Com o mesmo posicionamento do ex. 1, tocar, seguidamente, a bola contra o poste ou parede com a menor distancia possível, entre as mãos e o poste ou parede. No início ele terá dificuldade. Com a acomodação e a expulsão, correta, da bola nas mãos, ele melhorará.

 

Exercício no 3.

Objetivo: posicionamento correto do corpo, em relação à bola (fig. a seguir).

O treinador sobre um plinto deixa a bola cair sobre a cabeça do atleta que está praticando. Este, toca para cima, sem preocupação com a força. É necessário observar os movimentos de flexão e extensão dos braços e das pernas, no tempo exato.

Exercício no 4.

Objetivo: expulsão da bola com maior força, a fim de obter trajetórias mais longas.

Idem ex. 4, nas imediações da rede. Executar levantamentos para a entrada da rede e para saída da rede, na altura que se utiliza em jogos.

Exercício no 5.

Objetivo: ligeiro amortecimento e expulsão da bola (fig. a seguir).

Idem ex. 4, com o treinador atirando a bola com mais força, a fim de que o jogador amorteça e impulsione – em gesto rápido – a bola.

Exercício no 6.

Objetivo: ligeiro amortecimento e expulsão da bola, estimulando a precisão (fig. a seguir).

Idem ex. 5, com levantamentos para a entrada e a saída da rede.

 

É isso aí, Alemão. Creio que estes exercícios podem ajudar bastante. Caso precise de mais alguma coisa, volte a escrever. Um abraço. Jorjão Em tempo: Sua pergunta é interessante e pode interessar a outros internautas. Gostaria de colocá-la no site. Será que posso colocar?

Voltar ao Menu de Perguntas