Vôlei de Praia com o Vento Forte

Vôlei de Praia com Vento Forte - Ataque - Parte 2

Ataque com o Vento Contra.

No artigo anterior vimos que no Levantamento a ação do Vento a Favor empurra a bola no sentido da quadra oposta. Com o Vento Contra ocorre justamente o contrário, ou seja, a bola tende a voltar no sentido do fundo da própria quadra. Logo.

1 - Com o Vento a Favor é mais difícil o golpe com potência máxima. Com Vento Contra, também o contrário, ou seja, é mais fácil e recomendado.

2 - O atacante deve golpear a bola:

a - no ponto mais alto da trajetória (do levantamento);

b - na extensão total do braço;

c - do centro para a parte superior da bola ("top spin");

d - com a mão executar um movimento circular no sentido horário.

Na fig. 1, o exemplo da trajetória da bola (linha interrompida em verde), o movimento da mão (circular no sentido horário) e o ponto da bola em que deve ser feito o contato (centro da parte superior).

 

 

 

 

3 - O golpe deve imprimir trajetória buscando o fundo da quadra oposta, uma vez que, a ação de vento trava a velocidade da bola, fazendo-a descair no terço final da quadra. Os jogadores-defesa têm a impressão da que a bola vai para fora e a mesma descai subitamente).

.

Nos diagramas a seguir, exemplos das trajetórias. Do ponto do ataque (J2 e J1, respectivamente) ao alvo (terços finais da quadra oposta). Os chamados "Cuts" na diagonal mais fechada devem ser evitados. Como é um tipo de ataque que requer extrema precisão (a bola passa muito rente à rede), pois ação do vento pode impedir que a mesma passe.

 

 

 

 

4 - A ação do vento pode afastar a bola da rede, o que dificulta a obtenção da precisão em certos tipos de ataque. Por exemplo, "Cuts" e "Lobs". Logo, é muito mais difícil golpeá-la da mesma maneira que se faz em condições normais. São procedimentos recomendáveis:

a - acelerar a Aproximação Final e realizá-la com passadas largas e rápidas de maneira se posicionar rigorosamente sob a bola;

b - o golpe deve ser desferido (como sempre ) no ponto mais alto da trajetória e com a maior velocidade possível dos movimentos do tronco e dos braços.

 

No próximo artigo o Bloqueio com o Vento Forte.

 

Voltar ao Menu de Colunas

Início/Home