Vôlei de Praia - Entretenimento

Importância da atividade regular ao longo da senana.

 

Você que bate sua bola apenas nos finais de semana, pode melhorar seu rendimento, no jogo, e evitar acidentes - até - fatais. Não custa nada arranjar um tempinho ao longo da semana - pelo menos três dias - para fazer alguma atividade física. Por exemplo, dar uma corrida, nadar, andar de bicicleta, etc... Vejamos um argumento importante.

Segundo pesquisadores importantes em todo o mundo, doença cardíaca, acidente vascular cerebral e doença dos vasos sanguíneos matam mais de um milhão de pessoas em um ano; muito mais do que todas as vidas perdidas nas quatro maiores guerras do século XX.

Na atividade humana essas doenças se manifestam em forma de mal súbito. A doença coronariana, por exemplo, por meio do ataque do coração, ou seja, evento repentino e, na maioria das vezes, dramático. O ataque é decorrente de um processo gradual de estreitamento das artérias que restringem o fluxo sanguíneo. Este processo pode começar na infância e ser acelerado por uma série de fatores de risco: tabagismo, colesterol sanguíneo elevado e pressão sanguínea alta (hipertensão).

A Associação Americana do Coração coloca a Inatividade como fator de risco no mesmo nível de fatalidade dos três primeiros. A atividade física regular - caminhada, corrida, natação, jogos coletivos - contribuem para evitar problemas com a saúde em geral e do coração, especificamente. De que maneira? Torna o coração mais eficiente, uma vez que, reduz a carga de trabalho do mesmo.

Em outras palavras, o indivíduo realiza a atividade física com menor número de batimentos cardíacos. A atividade física regular propicia mudanças - para melhor - na musculatura esquelética (do tronco, dos braços, da pernas, etc...). Essa melhoria torna melhor o funcionamento de enzimas que utilizam o oxigênio e o metabolismo de gordura. Com isso, permitem o coração atender o esforço físico com freqüência cardíaca mais baixa.

Resumindo: algumas das melhorias na eficiência do coração resultam da melhoria da contratilidade do músculo cardíaco. Se o coração - músculo cardíaco mais vigoroso - bombeia mais sangue cada vez que bate, não tem que bater com tanta freqüência. Logo, o indivíduo exercita-se regularmente, conseguem realizar a sua atividade com freqüência cardíaca mais baixa e volume sistólico maior - quantidade de sangue bombeado em cada sístole (batimento).

Pelo exposto, é possível concluir que a atividade regular durante a semana só traz benefícios, tanto para seu rendimento na prática do seu esporte preferido, quanto para sua qualidade de vida.

Fonte: Brian J. Sharkey, Condicionamento e Saúde.

 

Voltar