O Maior Site do Mundo

Perdoe-me pelo título; o Maior Site do Mundo. Não gostaria de incorrer em presunção. Ao ler o que se segue, poderão concordar ou não com o título. Vamos lá.

Em 2.001 lancei o site www.justvolleyball.com.br . É composto por artigos didáticos sobre os fundamentos da técnica individual, as estratégias e as táticas, específicas ao voleibol de quadra e ao de praia.

A ideia tinha em vista colocar na internet o conteúdo atualizado do meu primeiro livro: Voleibol Moderno – Sistema Defensivo. Fora escrito e publicado em 1993. As regras tinham mudado, as técnicas e táticas evoluíram, ou seja, era necessário atualizá-lo.

Depois escrevi mais dois: Voleibol Moderno – Sistema Ofensivo e Vôlei de Praia – Nova Modalidade Olímpica. Estão registrados na Biblioteca Nacional, mas não foram publicados. Tive uma decepção com o primeiro. De modo geral, as editoras pagam 10% do preço de capa, de dois em dois meses. Não notei interesse em uma boa divulgação e distribuição. Logo, não remunera sua capacidade criativa, seu trabalho (digitação, correção e diagramação) e, acima de tudo, não cobre seus custos com materiais; computador, aplicativos, hospedagem do site, etc.

Cerca de 1000 páginas estavam guardadas na gaveta. Um absurdo com tanta gente precisando de informação. É escassa, no Brasil, a literatura que focaliza a preparação física (na visão do treinador), os fundamentos da técnica individual e as estratégias e táticas do voleibol.

E o mais importante. Todo o conteúdo foi produzido tendo em vista atender às necessidades de informação de estudantes das faculdades de Educação Física, professores de escolas, treinadores de equipes de base e treinadores de equipes de alta competitividade.

Importante: todo o conteúdo foi produzido por um treinador brasileiro. Nada foi copiado de quem quer que seja. Resulta da minha vivência nas quadras ao longo de 45 anos de carreira.

Como é possível verificar, o site é, diria, artesanal. É produzido integralmente por mim. Crio os artigos, escrevo, corrijo, diagramo, tudo com máxima preocupação de torná-los os mais claros possível. Faço os diagramas e os desenhos; confesso que não tenho a aptidão que gostaria de ter; por favor, considerem meu esforço.

Finalizando, gostaria de registrar meu agradecimento aos internautas, amigos e treinadores que estão sempre me dando uma força, sobretudo com críticas, sugestões, elogios, e contribuindo muito para a boa e velha divulgação boca-a-boca.

Aproveito para agradecer os treinadores e atletas brasileiros, de quadra e de praia, que contribuíram, ao longo da história - não tem essa de geração isso, geração aquilo, etc., todos - para colocar o voleibol brasileiro no lugar que se encontra já há algumas décadas.


Após 14 anos, sem qualquer remuneração, tenho o maior orgulho de apresentar o resumo desse trabalho.

Voleibol de Quadra. São 173 artigos, com média de seis páginas, o que dá cerca de 1038. Com 490 exercícios para aprendizagem e aperfeiçoamento. 93 diagramas explicativos. 107 representações gráficas ilustrativas e 20 fotos.

Voleibol de Praia. São 199 artigos, com média de quatro páginas, o que dá cerca de 796. Com 578 exercícios para aprendizagem e aperfeiçoamento. 480 diagramas. 217 figuras. 53 fotos.

Somando-se os dois segmentos temos: 372 artigos, com cerca de 1500 páginas. Com 1069 exercícios. 573 diagramas. 324 figuras. 73 fotos.

Espero contar com a sua parceria, com suas criticas e sugestões, a fim de que possamos tonar os artigos mais ricos.

 

Vôlei de Quadra

No. de Artigos
173
No. de Exercícios para Aprendizagem/Aperfeiçoamento
490
No. de Diagramas Explicativos
93
No. de Figuras Ilustrativas
107
No. de Fotos
20

Vôlei de Praia

No. de Artigos
199
No. de Exercícios para Aprendizagem/Aperfeiçoamento
578
No. de Diagramas Explicativos
480
No. de Figuras Ilustrativas
217
No. de Fotos
53

 

Voltar/Home